Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

.

Auxílio à pesquisa Destaque

Auxílio à pesquisa

FOP adquire equipamento CAD CAM de última geração

O professor Marcelo Giannini, da área de Dentística Restauradora, da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp teve um projeto de sua autoria, que visa estudar a redução da espessura de próteses com o intuito de conservar estruturas dentais, aprovado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – processo 2015/02461-0) na categoria Auxilio à Pesquisa - Projetos Regulares. O pesquisador recebeu um aporte financeiro de 200 mil reais, o qual foi destinado à compra de um sistema CAD CAM de última geração (Sirona  Inlab MCXL). O equipamento tem custo estimado de 500 mil reais. Contudo, em negociação com a empresa, o docente conseguiu uma redução significativa no valor, e adquiriu o sistema pelo custo disponibilizado do projeto. O projeto de pesquisa tem prazo estimado de dois anos. Após esse período, o sistema poderá ser utilizado por todos os programas de pós-graduação da FOP, além de uso clínico.  

CAD CAM é um sistema digital que permite o desenho das peças protéticas no computador e a usinagem dessas peças em fresadora ligada ao computador. Nesta técnica, os modelos de gessos são escaneados e imagens virtuais dos modelos são obtidas por softwares específicos no computador. Desta forma, o profissional trabalha sobre o modelo virtual e não sobre o modelo de gesso, criando o trabalho protético desejado no computador. O computador manda essa informação para uma máquina fresadora, que confecciona o trabalho criado no computador. O uso deste sistema reduz o tempo de trabalho e torna as peças protéticas muito mais precisas, confiáveis, agregando qualidade, resistência e estética aos trabalhos dos dentistas.

De acordo com o diretor da FOP, Professor Guilherme Elias Pessanha Henriques, o equipamento adquirido pelo professor Marcelo Giannini, com auxílio da professora Vanessa Cavalli e da doutoranda Mayara Noronha, vai ficar alocado no laboratório da área de Dentística Restauradora da FOP. O Diretor Dr. Guilherme destacou o empenho do professor Giannini para conseguir uma redução significativa no valor do sistema e trazê-lo para a FOP. “O equipamento inicialmente será utilizado exclusivamente com a finalidade de pesquisa, uma vez que o recurso foi destinado exatamente para esse propósito. Mas, num futuro próximo, esse equipamento atenderá inclusive os pacientes da FOP. É um marco histórico para nossa instituição, uma vez que um equipamento desse modificou completamente a maneira com a qual as próteses vinham sendo confeccionadas. É um avanço tremendo possuir um equipamento que escaneia um preparo dental e que fabrica a restauração que pode ser cimentada no paciente em minutos. Desta forma, eliminando as moldagens, confecção de modelos, que tornam a prótese muito mais precisa. Alguns passos são simplesmente eliminados. É louvável a atitude do professor. Certamente, outras pesquisas virão e os equipamentos sofisticados como esse poderão ser também adquiridos futuramente”, avalia o Diretor da FOP.

A pesquisa que está vinculada a esse equipamento estuda basicamente a redução da espessura das próteses unitárias. Cada dia mais se preconiza preparos para próteses, que conseguem conservar mais estrutura dental. No passado, as peças protéticas, principalmente as cerâmicas puras não podiam ser utilizadas com reduzida espessura, pois tinham tendência muito forte de se fraturar com o uso. O desgaste na estrutura dental feito no passado era de aproximadamente de 2 milímetros para cimentação das próteses de cerâmicas puras. Hoje, com 0,7 a 1,0 milímetro já é possível ter uma prótese com resistência, explica Giannini.

O professor possui cinco publicações com essa tecnologia do CAD-CAM. Todos esses trabalhos foram feitos nos Estados Unidos, em conjunto com o professor Dr. Pascal Magne. “Aprendi a trabalhar com o equipamento na University of Southern California. Nessa Universidade, a aluna Adriana Oliveira Carvalho do Programa de Pós-Graduação em Materiais Dentários trabalhou com equipamento semelhante durante um ano (em 2012), em seu doutorado sanduiche, suportado pelo CNPq. Atualmente, ela é professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) em Jequié-BA. O pesquisador faz questão de destacar o apoio do professor Luís Roberto Marcondes Martins, chefe do Departamento de Odontologia Restauradora e responsável pela área de Dentística e, da direção da FOP (Prof. Guilherme E. P. Henriques) para concretização do projeto.

Mais nesta categoria: « Premiação Reconhecimento »
voltar ao topo