Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

.

Agosto Dourado Destaque

Cepae tem atuação importante no incentivo ao aleitamento materno e capacitação de profissionais

A amamentação é a estratégia de maior impacto na saúde humana, capaz de salvar vidas, e de menor custo para sociedade e para o planeta. Pensando na promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno o mês de Agosto ficou conhecido como Agosto Dourado". A cor dourada faz referência ao padrãoouro de qualidade do leite humano.Não há outro alimento que possa substituí-lo no mesmo patamar de excelência”, explica a supervisora do Centro de Pesquisas e Atendimento Odontológico para Pacientes Especiais (Cepae), a cirurgiã dentista Ludmila Tavares Costa Ercolin. 

A Organização Mundial da Saúde orienta que os bebês devem receber aleitamento materno exclusivo, sem oferecimento de outros alimentos, água ou chá, até o sexto mês de vida.  Não há mais dúvidas sobre as vantagens do aleitamento materno para a díade mãe/bebê: benefícios fisiológicos, psicológicos, sócio econômico culturais. "Está além do ganho de peso do bebê, do bom desenvolvimento orofacial, do fator imunológico, a amamentação estimula o desenvolvimento emocional e cognitivo da criança, além de ser uma prática importante para a saúde da mulher, pensando na prevenção de alguns cânceres ginecológicos", comenta Ludmila. O conhecimento desses benefícios e o apoio técnico e emocional são determinantes para manutenção da amamentação quando alguma dificuldade acontecer. "Muitas mulheres pensam que amamentar é instintivo, é só colocar o bebê e ele mama, sem dor, normal. Mas em alguns casos, pode ser dolorido, desconfortável, difícil", destaca Ludmila.  Os problemas mais comuns na amamentação incluem a fissura mamilar (bico do peito rachado) - que é responsável pela desistência de 90% das mães de amamentar e o ingurgitamento mamário (leite empedrado) e dificuldade de ganho de peso do bebê. "É nessa hora, que se mãe não receber apoio, o desmame acontece", destaca supervisora do Cepaecirurgiã dentista,Fernanda Raven. 

OCepae tem atuação importante na questão da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Além do serviço prestado à díade mãe/bebê através dos programas, grupos de apoio técnico/emocional e atendimentos individuais de manejo das dificuldades relacionadas ao aleitamento materno, o Cepae, também, capacita profissionais da saúde nesta prática. "A idéia é formar multiplicadores para atuar e difundir conhecimentos, incentivar e apoiar a amamentação" destaca Fernanda. Para isso, o Cepae oferece o curso de especialização, gratuito, em “Atendimento Interdisciplinar Preventivo na Primeira Infância", as inscrições estão abertas até 31 de agosto, para profissionais de psicologia, odontologia, nutrição, fonoaudiologia, psicopedagogia e enfermagem. Mais informações na página da Cepae -www.fop.unicamp.br/cepae . 

voltar ao topo