Linhas de Pesquisa

MATERIAIS PARA BASE, FORRADORES, FIXADORES NÃO RESINOSOS E PARA MOLDAGEM

Esta linha de pesquisa envolve o estudo da influência dos materiais para base, forradores, fixadores não resinosos e para moldagem, quanto aos aspectos da resistência mecânica (tração, cisalhamento e rasgamento), estabilidade dimensional, precisão de reprodução e recuperação elástica, bem como as características e usos desses materiais. Compreende ainda, estudos de compatibilidade biológica com tecidos bucais e propriedades antimicrobianas.


MATERIAIS RESINOSOS, CERÂMICOS E BIOATIVOS DE USO ODONTOLÓGICO

A reconstituição da estrutura dental afetada ou danificada (perdida), bem como a interceptação e prevenção dessas perdas são os propósitos que norteiam as pesquisas desenvolvidas pela área que envolve a ciência dos materiais odontológicos. Considerando o ambiente bucal, são importantes as interações mecânicas, químicas e biológicas entre os materiais de uso odontológico e os processos (mecânicos, biológicos e químicos) que ocorrem durante a mastigação e ingestão de alimentos e a formação de biofilme. Dessa forma, estudos dessas interações biodinâmicas que ocorrem na cavidade bucal são relevantes para a Odontologia. Esta linha de pesquisa tem como objetivo estudar os materiais resinosos, cerâmicos e bioativos de uso odontológico, em relação à: 1- reações químicas, propriedades físico-químicas e estruturais e de superfície de materiais odontológicos e estrutura dental; 2- características estruturais (macro, micro e nano) dos substratos para união (biológicos ou não); 3- resistência da união entre materiais-estrutura dental e/ou material-material; 4- desempenho in vitro, in situ e in vivo de materiais, bem como estudos clínicos randomizados, de coorte e baseados na prática clínica; 5- Caracterização de substratos para união de materiais; 6- Acabamento e polimento de materiais; 6- Desgaste (ablação, abrasão, atrição); e 7- Processos, técnicas e métodos de polimerização e estudos envolvendo fontes de luz. De forma abrangente a linha de pesquisa engloba o estudo, aplicação e desenvolvimento de técnicas de manipulação para o uso de materiais, assim como a melhora ou desenvolvimento de novos materiais com propriedades bioativas, resinosos ou não, voltadas para as interações físico-químicas e biológicas decorrentes do ambiente bucal. Os materiais são avaliados por meio de diversos ensaios laboratoriais (de estabilidade dimensional e de cor) e estudos da influência da composição sobre as propriedades físico-químicas , assim como a degradação das restaurações em processos estáticos e dinâmicos (in vitro, in situ e in vivo) e consequente longevidade. Além disso, estudos envolvendo materiais resinosos quanto a polimerização e situações decorrentes deste processo, bem como das fontes de luz são abordados (desenvolvidos). Esta linha de pesquisa objetiva ainda o estudo dos procedimentos para acabamento e polimento dos materiais, considerando que são etapas importantes na obtenção de estruturas restauradoras bem sucedidas clinicamente e o desgaste inerente dessas superfícies por processos físicos, químicos ou biológicos.


METAIS, LIGAS METÁLICAS, PROCESSO DE FUNDIÇÃO E SOLDAGEM

Esta linha de pesquisa envolve o estudo das características metalúrgicas dos metais e ligas odontológicas, técnicas para obtenção, análise e comportamento das peças obtidas por diferentes máquinas para fundição. Objetiva-se também a análise da estrutura soldada em ligas metálicas utilizadas em próteses odontológicas. Além disso, engloba o estudo dos materiais metálicos relacionados aos aspectos estruturais, mecânicos, químicos e os atributos biológicos destes.


RESINAS ACRÍLICAS, COMPÓSITOS E ADESIVOS DE USO ODONTOLÓGICO

O objetivo dessa linha é estudar a composição, estrutura e propriedades químicas e físicas. Tipos de polimerização. Técnicas de manipulação e uso. Alteração dimensional.

Última modificação emTerça, 04 Abril 2017 15:13
voltar ao topo