Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

-

Exposição Ciclos da vida Destaque

Exposição Ciclos da vida

 Aos olhares de Arlete Brito e Antonio Miguel


Disse Whitehead que a história revela duas tendências principais no curso dos acontecimentos. Uma delas está patenteada na lenta degenerescência da natureza física. A outra, pode ser exemplificada pela renovação da natureza na primavera. Estes nossos Ciclos da Vida se pretendem uma homenagem que formas humanas de vida e suas extensões tecnológicas prestam a outras vidas, como árvores, troncos, folhas e flores, em suas surpreendentes formas de se exibirem vivas perante o desejo sensível do olhar da máquina fotográfica de pintar, com luz, a memória de suas inusitadas belezas singulares que, em suas transfiguradas primaveras, resistem à previsibilidade dos ritmos finitos do cíclico. Já, a memória de seus frutos ocasionais ficam no aguardo
do acaso de uma outra ocasião.

A Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp sedia, entre os dias 23 de outubro e 23 de novembro, a exposição “Ciclos da Vida”, dos artistas: Arlete Brito e Antonio Miguel. A exposição, composta por cerca de noventa obras (quadros e fotografias), poderá ser visitada no saguão superior do prédio principal.

Currículo: Arlete Brito é professora do departamento de Educação da UNESP, campus de Rio Claro. A fotografia é, para ela, um hobby que já lhe rendeu premiação na Mostra de Arte Almeida Jr, em 2014. Tem participado de várias exposições, com fotografia, dentre as quais podemos citar Batom, Lápis e TPM; Salão de Arte Contemporânea Joca Adamoli; 47o. Salão de Arte Contemporânea e Mapa Cultural Paulista.

Antonio Miguel é professor da Faculdade de Educação da UNICAMP. Busca na fotografia modos de expressão que confrontam o imóvel e o passageiro, o real e o ilusório. Pratica fotografia como hobby há vários anos e nos últimos tempos tem participado de exposições, como por exemplo, a Ciclos da Vida, no Fórum de Piracicaba, e o Salão de Arte Contemporânea Joca Adamoli.

voltar ao topo