Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

.

Doutorandas da FOP debatem sobre o tema: Avaliação em Tecnologia em Saúde em Odontologia: um estudo de custo-efetividade Destaque

Doutorandas da FOP debatem sobre o tema: Avaliação em Tecnologia em Saúde em Odontologia: um estudo de custo-efetividade

 

As doutorandas do Programa de Pós-graduação em Odontologia e egressas do Mestrado Profissional em Odontologia em Saúde Coletiva da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp, Denise de Fátima Barros Cavalcante e Livia Fernandes Probst, foram convidadas para uma reunião por Videoconferência da Rebrats (Rede Brasileira de Tecnologias em Saúde), órgão do Ministério da Saúde, com transmissão ao vivo, pelo endereço: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/rutesigrebrats. A reunião, que traz como tema: Avaliação em Tecnologia em Saúde em Odontologia: um estudo de custo-efetividade, acontecerá no dia 10 de abril, das 15h às 17h.

A pesquisa é um diferencial na área de Odontologia, pois as pesquisadoras avaliaram tecnologias oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para os edêntulos: Prótese total convencional e a prótese implanto-suportada. Foi realizada uma comparação por meio de modelagem matemática para estimar o efeito da reabilitação na qualidade de vida dos pacientes e as repercussões financeiras para o Sistema.

O diferencial reside na oportunidade de oferecer informações importantes para a tomada de decisão racional na Gestão em Saúde. Na ausência dessas informações, a definição de prioridades não é estabelecida adequadamente e o sistema de saúde torna-se vulnerável ao desperdício de recursos. Atualmente, o Brasil tem uma população de 75% de cidadãos que dependem exclusivamente do SUS e 15,4% dos idosos brasileiros necessitam de Prótese total dupla. Considerando que o Brasil Sorridente lançado em 2004 é considerado o maior Programa Público de acesso a serviços universais de Odontologia do Mundo, evidencia-se a relevância de estudos econômicos na área.

Para as pesquisadoras o convite foi recebido com grande honra, pois poucos pesquisadores são convidados para participar em rede nacional dessa discussão e especificamente no tema Odontologia. O interesse da Rebrats surgiu na apresentação do Trabalho de Conclusão das alunas no Curso de MBA em Economia da Saúde e Avaliação de Tecnologias em Saúde promovido pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz e financiado pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS). Atualmente, a pesquisa segue vinculada à tese de Doutorado da aluna Livia e está em fase de conclusão.

As pesquisadoras tiveram a contribuição de profissionais que foram determinantes para o desenvolvimento do trabalho: Tazio Vanni (Instituto Butantan-SP), Antonio Carlos Pereira (FOP-UNICAMP), Erica Tatiane da Silva (FIOCRUZ-Brasília) e Yuri Wanderley Cavalcanti (UFPB).

A Rebrats tem interesse em estimular a prática de saúde baseada em evidência também na área de Odontologia no âmbito do SUS, aprimorando a tomada de decisão na área de incorporação de tecnologias e no fomento de pesquisa científica em saúde bucal. Acreditam, que dessa forma poderão contribuir para o fortalecimento do Programa Brasil Sorridente.

voltar ao topo