Menu

FOP-Unicamp

Diretoria

.

A+ A A-

História Destaque

História

"Escola de Pharmácia e Odontologia de Piracicaba”.

Fundada em 1920 pelo cirurgião dentista Dr. Jorge Augusto da Silveira, formado pela "Escola de Pharmácia e Odontologia D’O Granbery” de Juiz de Fora, Minas Gerais, teve inicialmente o nome de "Escola de Pharmácia e Odontologia de Piracicaba”.

Idealista, ele viu sua Faculdade evoluir graças a sua abnegação e sacrifício, pois, muitas vezes, colocou verbas particulares para mantê-la.

O início foi uma enorme casa térrea na rua Rangel Pestana. Houve vários outros endereços e no final transferiu-se à rua Santo Antonio, na casa do ex-presidente da republica, Prudente José de Moraes Barros (1841-1902).

A homenagem a Washington Luiz (1870-1957) deve-se a seu reconhecimento federal após solicitação do Dr. João Sampaio, deputado federal por Piracicaba, habilitando-se ao ensino e a validade do diploma em todo o território nacional.

Como as demais Faculdades do Estado, foi fechada em 1933 por decreto presidencial do ditador Getúlio Vargas, inimigo político de Washington Luiz. Em diversas fontes lemos que as Faculdades não tinham o nível necessário e muitas cediam diplomas ilegalmente, razões pela qual suas atividades foram proibidas.

Na foto que ilustra essa matéria, da década de 40, doada à APCD Regional de Piracicaba pelo Dr. Roberto Simionato de Moraes, filho de nosso ex-presidente Eneas Lemaire de Moraes, falecido em 1985, provavelmente obtida em nossa Praça Central aparecem profissionais diplomados pela citada escola.

Infelizmente, não nos foi possível identificar todos, mas, certamente eles engrenaram muitas dificuldades profissionais de ordem técnica, que hoje, no final do século XX, nós, atuantes e ativos, devido ao desenvolvimento, estamos imunes. 

Texto publicado no Informativo-APCD Piracicaba, maio de 1999.
Artigo republicado por sugestão do professor Simonides Consani, da área de Materiais Dentários da FOP

 

 

Mais nesta categoria: « Congresso Site Terra »
voltar ao topo