FOP recebe visita de comitiva da USP

  • Escrito por 
  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
  • Publicado em Notícias
  • Imprimir
  • E-mail
  • Print Friendly Version of this pagePrint Versão em PDFPDF
FOP recebe visita de comitiva da USP
A Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP-Unicamp) recebeu, nesta quarta-feira (4), a visita de uma comitiva formada por estudantes da POLI-USP Incubados no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (CIETEC), os  estudantes de graduação Thales Galanti e Henrique Ken Mochizuki e a Profa. Dra. Ana Estela Haddad, da FOUSP. Vieram a convite do Prof. Dr. Pablo Augustin Vargas para conhecer o SIMODONT.
 
O Prof. Pablo guiou a visita, apresentou um breve histórico de criação do Simodont, desde sua ida à Holanda, a captação de fomento por meio de projetos na linha de ensino junto a UNICAMP, bem como a aplicação da simulação no processo de ensino aprendizagem e desenvolvimento das habilidades pré-clínicas. O grupo teve a oportunidade fazer um “hands on”, tendo a experiência prática da simulação guiada de preparos cavitários, casos clínicos, e conhecer as diversas funcionalidades e potenciais que os equipamentos oferecem.

photo 2022 05 04 12 07 28 cópia 2“Foi um prazer receber os discentes Thales e Henrique da POLI-USP e a Professora Ana Estela (FOUSP) no nosso laboratório de realidade virtual. Acredito que estes equipamentos ganharão cada vez mais espaço no ensino odontológico num futuro próximo. Espero que a visita tenha sido proveitosa para todos e útil na elaboração de novas ideias para a criação de produtos nacionais de simulação que poderão ser aplicados ao ensino na área da saúde”, destaca Vargas.

“É impressionante a fidedignidade dos simuladores com as sensações táteis reais de procedimentos clínicos. Certamente seu potencial para o aprendizado ativo, o feedback ao aluno e ao docente em cada atividade, que os equipamentos proporcionam podem contribuir decisivamente para o desenvolvimento das competências profissionais do cirurgião-dentista. O Prof. Pablo foi pioneiro na implantação do Simodont na América Latina quando atuou como Coordenador do Ensino de Graduação da FOP-UNICAMP. Esteve na Reunião Anual da ABENO no ano passado, sua apresentação despertou grande interesse e a vontade de conhecer melhor e vivenciar a simulação aplicada no ensino odontológico”, conta a professora Ana Estela.

O grupo da USP se constituiu a partir do projeto intitulado “Avaliação Formativa de Habilidades Clínicas na Área da Saúde: Modelagem e Desenvolvimento Interdisciplinar de Protótipo Híbrido com o emprego de Tecnologias Digitais, envolvendo os cursos de graduação em Medicina, Enfermagem, Odontologia, Artes Cênicas e Engenharia.” Este projeto foi contemplado no Edital PRG 01/2020-2021 CONSÓRCIOS ACADÊMICOS PARA A EXCELÊNCIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO – CAEG, sob a coordenação da Profa. Ana Estela e coordenação adjunta da Profa. Dra. Maria do Patrocínio Tenório Nunes, Professora Associada da Faculdade de Medicina da USP.

 Entre as estratégias de implementação do projeto, em 2021 foi ofertada a disciplina optativa de graduação Soluções Médico-Hospitalares, numa edição especial, focada no desenvolvimento de habilidades clínicas na saúde, sob a coordenação da Profa. Dra. Rosely de Deus Lopes, Professora Associada do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da USP, Vice Coordenadora do Centro Interdisciplinar de Tecnologias Interativas (CITI-USP) e Vice Diretora do Instituto de Estudos Avançados da USP (IEA-USP).

 A disciplina desenvolveu-se com aproximadamente 50 estudantes de graduação de diferentes cursos matriculados (Enfermagem, Medicina, Odontologia, Engenharia, Design, Artes Cênicas). Com base no marco conceitual do biodesign foram desenvolvidos protótipos de soluções inovadoras híbridas com aplicação no desenvolvimento de habilidades clínicas.

Esta iniciativa despertou o interesse do grupo em conhecer a experiência da FOP-Unicamp com o Simodont.

img 5839De acordo com os estudantes, o grupo começou na disciplina “Soluções Médicos Hospitalares” da Universidade de São Paulo, com a proposta de que os alunos desenvolvessem um trabalho para melhorar aspectos da educação na área da saúde utilizando-se da metodologia do Biodesign. A equipe inicialmente era composta por membros de diversos departamentos da universidade, de cursos como enfermagem, odontologia, medicina, ciências moleculares, artes cênicas e das diversas engenharias. Após uma série de entrevistas e discussões, propôs-se desenvolver luvas hápticas de realidade virtual com force feedback, a fim de que os alunos pudessem ter experiências mais fidedignas e imersivas em simulações antes de irem exercer suas profissões no mercado de trabalho. Embora o projeto na disciplina tenha sido desenvolvido apenas durante o primeiro semestre de 2021, alguns membros da equipe continuaram motivados em tirar a ideia do papel e, assim, desenvolvê-la como produto. Deste modo, estamos incubados no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (CIETEC) atualmente e estamos participando do programa de pré aceleração do Núcleo de Empreendedorismo da USP (NEU).

“Parte do desafio está justamente em entender melhor como deveria ser essa interação da tecnologia com a área da saúde, visto que somos alunos da Engenharia da POLI-USP. Assim sendo, nesta quarta feira, fomos visitar os simuladores odontológicos da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP - Unicamp). O professor Pablo Agustin viabilizou essa visita e demonstrou-se extremamente atencioso ao nos explicar como os simuladores funcionam e como operá-los para termos uma ideia melhor de qual patamar estão as simulações na área da saúde hoje. Ainda devemos ressaltar que fomos acompanhados pela professora Ana Estela da FOUSP, que complementou a dinâmica com conversas e apontamentos pertinentes para melhorar a nossa experiência na visita”, revelaram.

 

voltar ao topo

Vídeo Institucional