Protocolo de biossegurança foi o tema principal do “Dia de Avaliação de Curso” na FOP

  • Escrito por 
  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
  • Publicado em Notícias
  • Imprimir
  • E-mail
  • Print Friendly Version of this pagePrint Versão em PDFPDF
  • Galeria de Imagens
Protocolo de biossegurança foi o tema principal do “Dia de Avaliação de Curso” na FOP

A Unicamp dedica um dia inteiro a cada dois semestres por ano para refletir sobre o ensino de graduação. A Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp realiza a atividade uma vez por ano. Em 2022 reservou o dia 24 de maio para realizar o “Dia de Avaliação de Curso”. O evento foi organizado pela Coordenadoria de Graduação. O diretor, professor Francisco Haiter Neto, deu abertura ao evento e destacou alguns temas relevantes, dentre eles, a retomada das obras do Centro Clínico Multidisciplinar. O coordenador de Graduação, professor Luis Roberto Marcondes Martins, falou da importância da reunião e destacou alguns tópicos que seriam abordados no decorrer do dia.

 No período da manhã, o presidente da Comissão de Biossegurança, professor Eduardo Hebling, apresentou as mudanças no protocolo de biossegurança no atendimento clínico e protocolo operacional padrão para acidentes perfurocortantes. 

 A tarde, a reunião teve sequência com a apresentação da Pedagoga Ivone Emília de Oliveira, que abordou temas referente a curricularização da extensão na grade curricular do curso de graduação. As mudanças foram aprovadas na comissão de graduação, na congregação e, agora, foram apresentadas aos docentes.

 Também foi disponibilizado um estudo preliminar das mudanças do calendário escolar em relação ao segundo semestre de 2022 e ao ano de 2023. “Isso é muito importante para a organização da agenda dos docentes e dos alunos. Era uma reivindicação importante. Esse ponto foi apresentado para saber qual a impressão dos docentes em relação a esse aspecto, disse Martins.

 Ainda, de acordo com o coordenador, foi realizado um levantamento, com a colaboração dos docentes, em relação as atividades de graduação, especificamente, a clínica. Ele destacou a necessidade de priorização na contratação de docentes para atuarem, principalmente, junto a área clínica, visto que há uma defasagem nesse setor, fazendo com que os professores se desdobrem para atender as necessidades. Essa é uma reivindicação, não só dos departamentos, mas dos alunos também. “Além da priorização na contratação de docentes nas áreas clínicas, começamos um estudo preliminar para saber a carga horária que as áreas têm na graduação”.

 Com a reforma da clínica, cujas atividades passaram a ser oferecidas no período noturno, que proporcionou uma mudança na estrutura – os alunos começaram a trabalhar em dupla -, mudança na avaliação e na produção, Martins destacou a necessidade de saber a repercussão dessa nova realidade para os alunos. “Aplicamos um questionário nas respectivas turmas que estão em atuação na clínica e o resultado desse trabalho foi informado aos professores. O tema trouxe margem de discussão e opiniões diversas. Concluímos que há situações em que podem ser melhoradas”, conta.

 Ainda no período da tarde, os alunos participaram da Palestra “Realidade Psíquica: a função do Amor na prevenção do suicídio e da autolesão”, ministrada pelo professor Sérgio de Oliveira Santos, Psicólogo Clínico, Suicidólogo e especialista em Intervenção na Automutilação, Prevenção e Posvenção do Suicídio.

 O coordenador, que tomou posse do cargo recentemente, agradece a direção, aos membros da comissão de graduação, aos funcionários e aos professores pelo apoio recebido. “Esperamos conseguir cada vez mais realizar os anseios, melhorar o ensino de graduação prestando um serviço importante a comunidade de Piracicaba e região”.

voltar ao topo

Vídeo Institucional