Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

.

A+ A A-

Cepae adota atendimento online devido à pandemia

Profissional do Cepae realizando atividade online Profissional do Cepae realizando atividade online

Cepae adota atendimento online devido à pandemia

 

Os atendimentos prestados pelo Cepae (Centro de Pesquisa e Atendimento Odontológico para Pacientes Especiais, da Faculdade de Odontologia de Piracicaba-FOP, Unicamp), foram interrompidos no dia 13 de março, devido à necessidade de isolamento social para evitar o contágio pelo Covid-19. Contudo, para que os pacientes continuassem a receber orientações e apoio, os atendimentos passaram a ser online, utilizando o whatsapp. 

O Cepae, que atende a família desde a gestação até os 5 anos de vida da criança, presta assistência e atendimento preventivo e curativo gratuito nas áreas de Enfermagem, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Otorrinolaringologia e Psicologia, trabalhando com uma equipe de profissionais voluntários, ligados ao Curso de Especialização “Atendimento Interdisciplinar Preventivo na Primeira Infância”, oferecido gratuitamente pelo Cepae. Há ainda a participação de 46 alunos de graduação da FOP. 

De acordo com a coordenadora do Programa, professora Rosana Possobon, a complexidade do Programa do Cepae ficou mais evidente com a mudança na forma de atendimento. “As alterações que estavam sendo feitas, de forma gradual, no sistema de informatização dos dados, tiveram que ser aceleradas. Luis Henrique, o profissional de informática da FOP responsável pelo sistema, criou links que facilitaram o registro de dados das gestantes e crianças pela Equipe; as palestras, ministradas ao vivo e em grupos, antes da pandemia, foram gravadas para que pudessem ser acessadas pelas gestantes e mães; foram criados mais de 70 grupos de whatsapp, para a inclusão das gestantes e mães, que são atendidas pelas equipes e seus supervisores no mesmo momento em que estariam em suas consultas no Cepae, podendo tirar dúvidas e interagir com a Equipe. Até vídeo chamada, para auxiliar a mãe no manejo da lactação, está sendo feito.

 Para a mãe Mariana Miciatto Meneghini, que participa de um dos 60 Grupos de Incentivo ao Aleitamento Materno Exclusivo (GIAME), mesmo com esta mudança, a atenção que está sendo dada às mães está atendendo às expectativas. “Por enquanto está atendendo sim. Presencial é sempre melhor, mas as meninas não estão nos deixando com dúvidas e as orientações estão suprindo as necessidades do momento”, comenta. 

Na primeira fase de implementação online, foram contempladas as 3 primeiras etapas do Programa: o Programa de Orientação à Gestante (POG, 1ª etapa), no qual a gestante recebe orientações sobre os cuidados com o bebê; o Acolhimento Inicial (AI, 2ª etapa), em que a puérpera recebe apoio, especialmente para o aleitamento materno, durante os primeiros 15 dias de vida do bebê; e o GIAME (3ª etapa), em que a mãe e o bebê são acompanhados ao longo do 1º ano de vida. “Nestas 3 etapas, são cerca de 600 pacientes sendo atendidos”, contabiliza a Coordenadora.

 A partir de segunda-feira (25), terá início o atendimento dos cerca de 700 pacientes com mais de 12 meses de idade, que já estão na 4ª etapa do Programa (Atendimento Regular). Para tanto, mais palestras foram gravadas e um elaborado esquema de mutirão entre os profissionais da equipe está sendo montado.

 “Estas alterações têm demandado um gigantesco e dedicado trabalho dos alunos e dos seus supervisores, mas não seria possível sem a atuação prestimosa da Supervisora geral, Prof Fernanda Raven, e da Técnica em Saúde Bucal do Cepae, Sirlei Ferezini, que estão trabalhando incansavelmente para que nenhum paciente fique sem assistência durante estes dias”.  

 O Cepae continua recebendo inscrições de gestantes, por meio de mensagem de texto para o whatsapp (19) 9 9998 3540.

voltar ao topo