Menu

Portal FOP - Unicamp

Av. Limeira, 901 - Bairro Areião
CEP: 13414-903 - Piracicaba - SP

-

Pesquisadores da FOP participaram do Pint of Science Destaque

Pesquisadores da FOP participaram do Pint of Science

No dia 22 de maio, pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Piracicaba participaram do Festival Pint of Science. Os professores Alexander Tadeu Sverzut, da área de Cirurgia Buco-Maxilo-Facial e Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes, da área de Endodontia, participaram de um bate-papo descontraído na Pizzaria ForLen e Quiosque Chopp Brahma, respectivamente. O festival aconteceu em 24 países entre os dias 20 e 22 de maio.

O festival acontece ao longo de três dias consecutivos todo mês de maio e chegou ao Brasil como um projeto piloto na cidade de São Carlos, em 2015. Logo, o evento conquistou as pessoas pela forma descontraída com a qual explica a dinâmica das pesquisas. Em 2016, foram sete municípios; em 2017 o festival esteve em 22 cidades e em 2018, foram 56 participantes! Este ano, 2019, estamos em primeiro lugar com 85 cidades recebendo o festival; em segundo está a Espanha, com 72.

Nascido em 2012, da iniciativa de dois pesquisadores do Imperial College que realizavam encontros em seus laboratórios sobre doenças neurodegenerativas, o festival logo conquistou os cinco continentes. Os pesquisadores Michael Motskin e Pavreen Paul recebiam pacientes e pessoas interessadas em suas pesquisas e com o sucesso do encontro se perguntaram como seria possível levar o cientista até as pessoas. Assim começava o Pint of Science; o maior festival de divulgação científica do mundo.

Durante a programação de Piracicaba, a professora Brenda falou aos presentes que os micro-organismos da cavidade bucal são os principais responsáveis pela infecção dos canais radiculares. Quando não tratada, essa infecção pode progredir e atingir os tecidos periapicais, que ficam fora do dente, e causar inclusive complicações sistêmicas. Entretanto, esse processo pode ocorrer silenciosamente em alguns pacientes e em outros pode se manifestar sob a forma de abscesso apical agudo, gerando muita dor. Pesquisas têm sido desenvolvidas buscando entender as diferentes manifestações dessa infecção, visando tratamentos mais eficazes.

A apresentação do o professor Alexander teve como objetivo demonstrar o avanço conseguido com as novas tecnologias em relação ao planejamento cirúrgico de pacientes no campo da medicina e odontologia.

Para o professor Leo Carlim, coordenador do evento na cidade de Piracicaba, o festival PINT OF SCIENCE é uma oportunidade excepcional para dar visibilidade às pesquisas científicas produzidas nas instituições de ensino e Piracicaba é uma cidade privilegiada pela quantidade e qualidade de pesquisadores atuantes. “Sem dúvidas, a função de aproximar o pesquisador da sociedade, em locais informais e com apresentações mais objetivas, foram cumpridas. A expectativa é que em 2020 o número de pesquisadores, locais e principalmente espectadores aumente”, avalia.

Galeria de imagens,  créditos: Sergio Carvalho/Tempo D Comunicação e Cultura, para imagens final: 21, 22, 25, 52

voltar ao topo